DICA DA SEMANA: palestra gratuita sobre “arte+tecnologia”

DICA DA SEMANA: palestra gratuita sobre “arte+tecnologia”

A artista visual Giselle Beiguelman vai ministrar na próxima quarta-feira (20) uma palestra virtual gratuita falando sobre arte e tecnologia como linguagem e ação. Ela é professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP), Giselle Beiguelman e pesquisa arte digital.

O evento está marcado para às 19h e para assistir basta se inscrever previamente no site Instituto Ling. A programação é uma realização do instituto e do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, com patrocínio de Crown Embalagens e Fitesa.

Autora de diversos livros, Giselle Beiguelman discutirá práticas artísticas nas quais a tecnologia implica novas estéticas, trazendo exemplos de obras e artistas que propõem modos e usos alternativos das tecnologias contemporâneas, enunciando a potência da arte para transformar o mundo.

“Abordar as intersecções entre arte e tecnologia é um desafio praticamente intransponível, pois isso implicaria refazer toda a história da arte em 60 minutos… Afinal, toda arte pressupõe uma tecnologia. Partindo dessa compreensão, nos limitaremos nesta palestra a práticas artísticas nas quais a tecnologia implica novas estéticas. Ou seja, num conjunto de práticas em que a tecnologia não é apenas instrumento, mas constitutiva de linguagens, com destaque para as modalidades artísticas que emergem no contexto da cultura das redes”, adianta Giselle.

A conferência faz parte do ciclo de aulas complementares da Formação em Arte + Tecnologia, projeto realizado pelo Instituto Ling em parceria com o Tecnopuc que tem reunido profissionais de diferentes áreas para discutir ambos os temas.

Outras palestras já realizadas estão disponíveis no canal do YouTube do Instituto Ling.

Na plataforma, o público pode conferir gratuitamente as conferências com o advogado Rodrigo Azevedo falando sobre propriedade intelectual; o neurologista André Palmini explicando as relações entre criatividade e neurociência; a doutora em História, Teoria e Crítica de Arte, Bruna Fetter, abordando os ecossistemas da arte e as suas relações com a tecnologia; a curadora Maria Amelia Bulhões discutindo a arte contemporânea e as articulações desta produção com a internet e o empreendedor serial Cesar Paz propondo a criatividade para solucionar problemas.

Sobre a ministrante
Giselle Beiguelman pesquisa preservação de arte digital, arte e ativismo na cidade em rede e as estéticas da memória no século 21. Desenvolve projetos de intervenções artísticas no espaço público e com mídias digitais.

Entre seus projetos destacam-se Memória da Amnésia (2015), Odiolândia (2017) e a curadoria de Arquinterface: a cidade expandida pelas redes (2015). É membro do Laboratório para OUTROS Urbanismos (FAUUSP) e do Interdisciplinary Laboratory Image Knowledge – Humboldt-Universität zu Berlin.

Autora de diversos livros e artigos sobre arte e cultura digital, suas obras integram acervos de museus no Brasil e no exterior, como ZKM (Alemanha), Yad Vashem (Israel), Latin American Colection – Essex University (Inglaterra), MAC-USP e Pinacoteca do Estado de São Paulo, entre outros.

Atua na criação e desenvolvimento de aplicações digitais desde 1994 e na área de preservação de arte digital desde 2010.

Sobre o Instituto Ling
Criado e mantido pela família Ling desde 1995, o Instituto Ling é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a transformação da sociedade. Sua missão é promover o desenvolvimento humano e a evolução da sociedade através da disseminação de diferentes formas do conhecimento, da liberdade de pensamento, da valorização da cultura e da saúde.

Na área da educação, desde 1995 auxilia jovens líderes a desenvolverem seus potenciais intelectuais e empreendedores através da concessão de bolsas de estudo para as melhores instituições do mundo.

A abertura de seu Centro Cultural em Porto Alegre, no ano de 2014, ampliou e solidificou a atuação do Instituto, firmando-o como centro de referência na disseminação do conhecimento e do livre-pensar, fomentador da educação de excelência em seus múltiplos formatos e provedor de serviços e produtos culturais diferenciados, com elevado padrão de qualidade e estética.
 
Na área da saúde, o Instituto Ling estabeleceu parceria com o Hospital Moinhos de Vento, em 2015, para a implantação de um centro de referência no tratamento do câncer em Porto Alegre, e com a Santa Casa de Misericórdia, em 2019, contribuindo para a construção do novo prédio do complexo hospitalar em Porto Alegre.

A família Ling, mantenedora do Instituto, é proprietária da “holding company“ Évora. O grupo empresarial produz e comercializa latas de alumínio para bebidas, não-tecidos de polipropileno (usados principalmente na produção de descartáveis higiênicos) e tampas plásticas para bebidas e produtos de higiene e beleza.

MultiPlataforma

Estado do amanhã
Somos uma multiplataforma de pesquisas e tecnologia da informação para criação de soluções digitais e ensino a distância voltada aos profissionais da economia criativa, gestores de organizações da sociedade civil e da administração pública.
Mais detalhes
Cursos selecionados
Cursos
  • Nenhum curso foi selecionado.